Conferência “Desporto, Deficiência E Juventude: A Realidade Portuguesa”

“Desporto, Deficiência e Juventude, a realidade portuguesa” foi o tema que esteve em destaque na conferência promovida pela Área de Jovens da LATI no passado dia 20 de Abril de 2015, no Salão Multiusos do Centro Comunitário du Bocage, a primeira do Ciclo de Conferências sobre a Juventude, a realizar em 2015. Este evento destinou-se a dirigentes, agentes e técnicos de desporto, desporto escolar e ação social, professores e estudantes das áreas do Desporto e Educação Física e das áreas de Animação Sociocultural, Reabilitação Psicomotora, Ciências do Desporto, Educação Especial, Solidariedade Social e de Saúde, empreendedores sociais e animadores de projetos e programas orientados para a educação inclusiva e, ainda, à comunidade que tenha interesse pela temática. Em debate estiveram as questões ligadas ao desporto adaptado para pessoas portadoras de deficiência, ao longo dos dois painéis, que contaram com a intervenção de representantes de entidades que trabalham nesta área. Após a Sessão de Abertura, a cargo da Diretora do Centro Distrital de Segurança Social, Professora Doutora Ana Clara Birrento, e do Presidente da Direção da LATI, Sertório Herrera, teve início, pelas 10h00, o 1º Painel, moderado pela Professora Doutora Ângela Lemos, membro da Direcção da LATI. Este painel contou com a Comunicação: “Desporto Adaptado em Setúbal: que caminhos queremos percorrer?” feita pelo Prof. José Salazar, Presidente da Direção da APPACDM de Setúbal e com a Comunicação: “Andebol como Inclusão”, pelo professor Danilo Ferreira, Técnico do Projeto “ Andebol 4all “ da Federação de Andebol Portugal, projeto que tem como objectivo a implementação da modalidade em três áreas da deficiência: motora, intelectual e auditiva. Após o coffee-break, a sessão reabriu com o 2º Painel, igualmente moderado pela Professora Doutora Ângela Lemos, que iniciou com a apresentação do “Projeto Recall – Jogos do Passado, Desporto do Presente”, feita pelo Dr. João Alexandre, Membro da Direção Nacional Executiva da CPCCRD (Confederação Portuguesa das Coletividades da Cultura, Recreio e Desporto), projeto este que visa a reintrodução dos jogos tradicionais nos países da União Europeia. A intervenção seguinte, “Políticas Públicas de Desporto – Desafios Nacionais, Europeus e Internacionais” esteve a cargo do Prof. Jorge de Carvalho, Diretor do Departamento de Desporto do IPDJ. Por fim, teve lugar a Comunicação: “Sim, eu Consigo! Desporto como Ferramenta de Inclusão Social” feita por Jorge Pina, uma referência do pugilismo nacional que conquistou diversos títulos, percurso este interrompido pela fatalidade de ter perdido a visão, o que o levou a reformular a sua vida, tornando-se atleta paralímpico e fundador da Fundação Jorge Pina, que apoia jovens que querem superar-se e que encontram nele um modelo de vida inspirador. O encerramento da conferência contou com a presença da Professora Doutora Angela Lemos e do Dr. Pedro Pina, Vereador do Pelouro da Cultura, Educação, Desporto, Juventude e Inclusão Social da Câmara Municipal de Setúbal.

Adicionar comentário

Deixar uma resposta